01 fevereiro 2010

RIOIR

6 comentários:

id·ego disse...

riverrun

AL-Chaer disse...

PoetArnaldo Antunes,

É com grande satisfação que meus poemas visuais dividem com este seu "rio: o ir" o espaço da Mostra OBRANOME II, que agora está na minha cidade (Goiânia), depois de passar por Brasília(2008) e Rio de Janeiro(2009).

Aproveito para convidá-lo a visitar meu Blog de Poesia Visual, no linque:

http://visu-al-chaer.blogspot.com/

Grande AL-Braço
AL-Chaer

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Arnaldo,
O blog de Poesia Visual do AL-Chaer eu recomendo, saio de lá sempre com vontade de escrever duzentos poemas.

Abraço mineiro,
Pedro Ramúcio.

Lilian disse...

Rio a rio
Ir ao Rio
Rio a ir ao rio
Rio do rio
Rir do rio
Rio de ir
Rio ri
Ri Rio Ir

Beto Palaio disse...

Arnaldo, tomei um susto quando vi o palindromo RIO, O IR editado aqui... Eu criei esse palíndromo há uns 15 anos, fazendo parte do meu livro inédito (O Livro Vermelho de Aleuzenev da Silva) e este palindromo surgiu para homenagear os rios amazônicos.... Andei postando esse palíndromo por aí, em matérias soltas na internet... Me diga o que pensa a respeito... Com admiração imensa pelo seu trabalho, Beto

Beto Palaio disse...

Arnaldo, veja o RIO O IR inserido no texto de O LIVRO VERMELHO DE ALEUZENEV DA SILVA (aqui somente um trecho)... Claro que acredito em coincidências, mas acho que esse palindromo realmente surgiu em 2004 no contexto que pode ser lido aqui... Grato.... http://academiaposmoderna.blogspot.com.br/2012/05/havia-nela-boca-arlequinal-da-mulher.html